O Caribe Brasileiro está aqui, conheça um pouco desse paraíso

fotos/divulgação

Digna de expressar o verdadeiro sentindo da palavra “paraíso”, a Ilha de Fernando de Noronha concentra as três praias mais belas do Brasil. Baía dos Porcos, Areia Clara e Praia do Leão, são praias que não deixam nada a desejar ao Caribe.

Se quando na época do seu descobrimento em 1504 a ilha não foi lá muito aclamada pelo presenteado (o aristocrata lusitano Fernando de Noronha) que nem sequer chegou a conhecê-la, Fernando de Noronha foi muito valorizada por holandeses e até franceses. Sem falar nas invasões piratas que ocorreram por lá.

Alguns estudiosos afirmam que a ilha ficou abandonada por quase dois séculos, porém, a equipe da Central Noronha, desconfiava-se que os invasores desfrutassem férias por lá e que se esbaldavam nas águas cristalinas com o pretexto de buscar as riquezas naturais.

Em 1737 os pernambucanos aliados ao governo português recuperaram a ilha para o Brasil e construíram nada menos que 10 fortes para proteger o território. Durante a segunda guerra mundial a ilha também serviu de base aos americanos.

Fernando de Noronha só passou a ser território unicamente brasileiro em 1988, quando foi fundado o Parque Marinho de Fernando de Noronha e o IBAMA passou a tomar conta da área.

Praias de Fernando de Noronha

O arquipélago possui 17 praias. Algumas delas são sedimentadas por lava vulcânica. Possui várias formações de piscinas naturais, com rica fauna marinha. Destaca-se também pelas falésias, onde vivem mais de 20 espécies de aves marinhas. A visibilidade das águas chega a 50m de profundidade.

Quem prefere ter um maior contato com a natureza, pode optar pelas trilhas. Um fácil caminho e muito procurado é o que leva até o mirante da Enseada dos Golfinhos, de onde pode se observar grupos de golfinhos-rotatores chegando à baía.

A trilha tem extensão de aproximadamente um quilômetro e é indicada para ser feita logo pela manhã. Outra forma de conhecer os mais belos detalhes de Fernando de Noronha é o passeio de barco, realizado diariamente no Porto de Santo Antônio, o qual tem saídas pela manhã e de tarde.

Mobilidade

O deslocamento pode ser feito de táxi, buggy e motos alugados ou por meio de uma linha regular de ônibus (opção mais econômica). Ao volante de um buggy, você consegue visitar mais praias e fica quanto tempo quiser em cada uma delas. 

Taxa de Preservação Ambiental

Criada em 1989 por decreto estadual esta Taxa obriga todo passageiro que desembarca na ilha a pagá-la no desembarque. O visitante pode pagá-la com dinheiro, cheque e também cartão VISA ou Mastercard. 

Fique de olho

É possível pagar antecipadamente, via internet, a taxa de preservação ambiental. Assim, evita-se a enorme fila que se forma no aeroporto da ilha. O valor é estipulado de acordo com o tempo de permanência. Informações como o local de hospedagem também devem constar do formulário, disponível pelo site  http://www.noronha.pe.gov.br

Dicas Importantes

Levar remédios que estejam em uso, pois a farmácia local, não tem grandes variedades;
Levar malas com roupas leves, tipo bermudas, camisetas, sandálias, tênis, bonés;
Evitar levar grandes volumes;
Recomendamos levar algum dinheiro, pois nem todos os estabelecimentos da ilha utilizam cartão e o banco 24h que funciona é o REAL ABN.
Preserve
O senso preservacionista que reina na ilha é reforçado pela presença de vários projetos bem-sucedidos de pesquisa. Os de maior destaque são o Tamar-Ibama, que estuda as tartarugas marinhas, e o Golfinho Rotador, que analisa cientificamente as piruetas dos cetáceos mais simpáticos dos oceanos.

Nos dois casos, há uma perfeita harmonia entre a preocupação e o estímulo ao turismo ordenado como uma forma de gerar divisas para as pesquisas.
No Tamar, é possível nadar com as tartarugas, observar o nascimento dos seus filhotes ou até adotar simbolicamente um exemplar da espécie.

Em Fernando de Noronha nem mesmo os tubarões parecem ameaçadores. O equilibrado ecossistema do arquipélago mantém os bichos bem-alimentados, o que, em tese, significa que eles não representam uma ameaça aos visitantes submarinos. Quando menos se espera, lá estão eles, assustadores, mas belos.

Vôos
Os vôos diretos para ilha partem de Natal ou Recife e são diários, sendo dois desde Recife e um desde Natal. Eles duram em média uma hora e o fuso horário em relação ao continente é de uma hora a mais.
Abaixo seguem os horários, lembrando que no período que compreende o horário de verão os vôos são uma hora mais cedo.

Voando Trip
Natal / Fernando de Noronha - Trip-5514 - 11:10 / 13:20
Fernando de Noronha / Natal - Trip-5515 - 17:50 / 18:00
 Voando Trip
Recife / Fernando de Noronha - Trip-5430 - 13:15 / 15:15
Fernando de Noronha / Recife - Trip-5431 - 16:00 / 16:10
Voando GOL
Recife / Fernando de Noronha - G3-1708 - 14:00 / 16:05
Fernando de Noronha / Recife - G3-1709 - 16:35 / 16:40
Surf
Fernando de Noronha chega a ser chamada de “O Havaí Brasileiro”, as ondas da ilha são as mais fortes e tubulares do Brasil.
O melhor período para surfar são os meses de dezembro a fevereiro já as melhores praias são Cacimba do Padre, Laje do Bode e Boldró.
Para os praticantes deste esporte aconselha-se levar bastante protetor solar, guarda-sol e como nos demais lugares da ilha, respeitar sempre as sinalizações do IBAMA.
Mergulho
Noronha é o melhor lugar para se mergulhar no Brasil e está entre os cinco melhores do mundo.
É possível se mergulhar em diversos e belos ambientes subaquáticos que variam de 05 a 30 metros de profundidade. Os mergulhos podem ser de apnéia (sem equipamentos) nas diversas praias, ou mesmo de cilindro em alto-mar, sendo dividido em mergulho de batismo (1ª experiência) e descida de mergulho duplo (para mergulhadores profissionais).
Mergulhar nesse paraíso é com certeza é uma experiência inesquecível. Encontre sua agencia de turismo credenciada.
Quando for a ilha pratique hábitos que favoreçam a preservação do meio. A degradação da natureza é crime.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Praias de nudismo em Santa Catarina

Roteiro da Viagem, - Destino Gramado, entre a Serra Catarinense e a Gaúcha.

Doces de Pelotas- Patrimônio Cultural da Humanidade