Festival será ampliado e apresentará melhorias no sistema de mobilidade e interatividade em 2014


Tradicional espaço para a realização do Festuris Gramado, o centro de eventos Serra Park estará remodelado na edição de 2014. O dia 7 de novembro (sexta-feira), data da abertura da feira, será marcado pela inauguração do sistema de ar-condicionado nos pavilhões do complexo, garantindo maior conforto e qualidade no atendimento aos visitantes. O diretor do Festuris Eduardo Zorzanello explica que, além disso, nesta 26ª edição será mantido o padrão de acessibilidade no Festival do Turismo, com destaque ao turismo responsável defendido pelos organizadores. A feira, que expõe mais de duas mil marcas em 400 estandes, ocupará aproximadamente 20 mil metros quadrados em dois pavilhões.
Segundo ele, para que as pessoas com mobilidade reduzida possam se locomover pela feira, os corredores novamente serão largos, os pisos táteis e mais uma vez haverá elevador de acesso à Sala de Imprensa Joana Palhares, situada no mezanino. Conforme ele, também houve a preocupação com a segurança do evento, por meio da identificação visual das saídas de emergência e a motricidade dos visitantes.
Em relação à preservação ambiental, serão mantidas as lixeiras seletoras e haverá um trabalho de incentivo entre os expositores para que reduzam o uso de folheteria. E será reforçado o sistema de limpeza dos ambientes comuns e modificações na equipe de serviços para a faxina nas áreas comuns estão sendo adotadas neste ano. Zorzanello ressalta a questão sustentável do evento no momento em que prioriza a contratação de mão-de-obra local, gerando 150 empregos diretos e 600 indiretos. 

DIVERSÃO

Outra diferença, que já foi promovida em 2013 e que se destaca ainda mais neste ano, é a maior ocupação do segundo pavilhão, onde ficará o Salão de Parques e Entretenimento, com cerca de 400 metros quadrados. “Será um espaço temático e diferenciado, na saída da feira, onde as pessoas poderão ficar por dentro de tudo o que envolve diversão e lazer, com uma área de games para o relax final”, conta o diretor.
A ampliação do Salão Mice tornará mais evidente o objetivo da área, que é destinada ao turismo de eventos. Expositores das áreas de tecnologia, equipamentos e serviços do setor ficarão aglutinados, permitindo maior precisão nas visitas ao salão segmentado.

Feiras internacionais e pesquisas com visitantes inspiram mudanças

O diretor Eduardo Zorzanello conta que a participação em feiras internacionais de turismo tem servido de inspiração e modelo para adotar novas práticas no Festuris. A pesquisa preenchida pelos participantes durante o festival, no ano anterior, também é um parâmetro importante no momento de definir mudanças. 
Uma significativa alteração na 26ª edição é na Sala de Imprensa Joana Palhares, que será exclusiva para atendimento aos jornalistas e contará com rede wi-fi para os profissionais da mídia. “Já a sala de coletivas foi levada para o jardim de inverno (antiga área de fumantes)”, diz. Outro serviço será o bureau de atendimento do depósito de expositores, mais funcional e bem localizado, assim como o guarda-volumes, ambos no pavilhão 1.

Ainda sobre a distribuição das áreas da feira, Zorzanello afirma que houve uma preocupação em colocar as sete salas de capacitação espalhadas pelos 20 mil metros quadrados, para que as pessoas visitem a feira e possam também fazer suas pausas para buscar qualificação. “É uma maneira de chamar a atenção do público e permitir que façam uma atividade diferenciada além da visita aos estandes e salões.”


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Roteiro da Viagem, - Destino Gramado, entre a Serra Catarinense e a Gaúcha.

Praias de nudismo em Santa Catarina