Evento reúne autoridades e entidades para discutir turismo de cruzeiros em Santa Catarina


Foto Raquel Santi/SOL/ASCOM
                                 
O turismo de cruzeiros em Santa Catarina foi pauta de uma reunião de trabalho nesta sexta-feira, 23, em Florianópolis. O evento reuniu representantes do governo federal, estadual e dos municípios de Itajaí, Imbituba, Porto Belo, Florianópolis e São Francisco do Sul, as entidades Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) e Acatmar (Associação Náutica Catarinense para o Brasil), além do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.

Durante o encontro, foram apresentadas as demandas dos municípios que recebem navios de cruzeiro. Em São Francisco do Sul, por exemplo, a principal necessidade é a conclusão do terminal turístico para separar a chegada de visitantes do terminal de cargas. Outro caso amplamente discutido durante a reunião foi o de Porto Belo, onde existe a urgência de resolver os processos alfandegários na própria cidade – o que prejudica a chegada de embarcações internacionais. Por outro lado, a Abremar apresentou as necessidades das empresas e operadoras de cruzeiros que atuam em Santa Catarina, principalmente em relação à infraestrutura.

“Precisamos da participação de todos. O litoral de Santa Catarina é muito atrativo e não podemos perder tempo”, afirmou o presidente da Santur, Valdir Walendowsky. O secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz, concorda. “Precisamos alinhar estratégias para destravar processos e aumentar a vinda de cruzeiros para Santa Catarina”, afirmou.

O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, acompanhou a reunião e ouviu as demandas. “O Governo do Estado será parceiro e dará prioridade para esse setor e tiraremos do papel os anseios dos catarinenses de ter um desenvolvimento ainda maior do turismo. Receber esses grandes transatlânticos é uma meta que nós vamos estimular”, destacou.

Conclusões: Ao fim do encontro, ficou decidido que o Grupo de Trabalho de Turismo Náutico da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte será o mediador das ações futuras. O grupo deverá apresentar um documento já elaborado com as principais demandas de cada município. Em Florianópolis, onde não há terminal de cruzeiros, o grupo irá verificar o andamento do projeto de batimetria (medição da profundidade) das baías de Florianópolis, já protocolado pela prefeitura da capital junto ao Ministério do Turismo, bem como a situação jurídica e ambiental do píer de Canasvieiras.

Simpósio: O coordenador executivo do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Álvaro Ornelas, aproveitou a oportunidade para convidar os presentes para o I Simpósio de Competitividade dos Portos Turísticos em Santa Catarina, marcado para o dia 5 de junho de 2015, em Florianópolis, durante a Semana do Mar. “A questão dos cruzeiros já vem sendo amplamente discutida nas nossas reuniões. Cada novo encontro é uma oportunidade para aprofundarmos o debate e alinharmos estratégias para conseguir soluções”, conclui.

 Fonte: SOL


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Praias de nudismo em Santa Catarina

Roteiro da Viagem, - Destino Gramado, entre a Serra Catarinense e a Gaúcha.

Doces de Pelotas- Patrimônio Cultural da Humanidade