Embratur reduz número de mercados prioritários de promoção do destino Brasil

Crise mundial é uma das razões para restringir as ações de promoção.
A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) reduziu de 34 para 17 no número de mercados prioritários de divulgação e comercialização do destino Brasil. Além do número dos mercados prioritários, será reduzida também a participação da Embratur em feiras internacionais que passará de 46 para 26.


Segundo o presidente da Embratur, Flávio Dino, essa baixa se deve a crise econômica mundial e a crise política interna nacional, que interrompe a distribuição de verbas. "Dos 17 mercados prioritários, 15 foram os maiores emissores de turistas para o Brasil em 2010. Este ano, o México e o Canadá entram como apostas de médio prazo."

Por outro lado a Embratur prioriza investir em outras ações como a promoção do destino Brasil para a Copa do Mundo de 2014 e o aumento do número de presstrips (imprensa) que subirá para 36 contra as 22 realizadas no ano passado.
Fonte : Jornal do turismo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Praias de nudismo em Santa Catarina

Roteiro da Viagem, - Destino Gramado, entre a Serra Catarinense e a Gaúcha.

A importância da fotografia no turismo