OMT e Ministros do Turismo das Américas se unem para relançar o turismo na região

Em reunião convocada pela Organização Mundial do Turismo da OMT, 16 Ministros do Turismo e 4 Vice-Ministros das Américas estabeleceram acordos e mecanismos de colaboração para o relançamento do turismo na região.

Os líderes do turismo nas Américas se comprometeram a reativar o turismo em conjunto, tornando o setor uma prioridade geral e adotando protocolos internacionais. Esta reativação está comprometida com a inovação e a transformação digital, para além de continuar a avançar no turismo sustentável e de reforçar os mecanismos de apoio aos trabalhadores e empresas mais afetados.

Restauração da confiança nas viagens, garantia de que os benefícios da reativação do turismo se façam sentir além do próprio setor, proteção de empresas e empregos, foram alguns dos principais temas do debate com a presença, pessoalmente, dos ministros e vice-ministros do turismo do Brasil , Colômbia, Cuba, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Panamá, Porto Rico, Uruguai e Venezuela; bem como virtualmente, os da Argentina, Barbados, Bolívia, Chile, Nicarágua e Peru.

Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da OMT, reconheceu a boa gestão que a República Dominicana tem feito da pandemia e destacou que “o restabelecimento da confiança nas viagens é um primeiro e essencial passo para retomar o turismo, levar esperança a milhões de pessoas no Américas e impulsionar a recuperação em geral ”.

Luis Abinader, presidente da República Dominicana, destacou o papel da OMC como catalisador de inovação e sinergias e exortou os presentes a se fortalecerem como destino compartilhado, como região, por meio da unidade, determinação, foco e visão conjunta.

David Collado, Ministro do Turismo da República Dominicana, destacou que o setor gera oportunidades de emprego para mais de 500.000 famílias e contribui com 15% do Produto Interno Bruto do país. Além disso, endossou o compromisso “com os dominicanos, com os colaboradores do setor e com os milhões de turistas que esperam ansiosamente para conhecer os belos destinos da República Dominicana”.

As reuniões foram desenvolvidas com a coordenação do Ministério do Turismo da República Dominicana, como país anfitrião, e com a participação de representantes da International Air Transport Association (IATA), da International Civil Aviation Organization (ICAO) e da Associação de Hotéis e Turismo da República Dominicana, entre outros atores do setor.

Ao final do encontro, os participantes assinaram a Declaração de Punta Cana, por meio da qual os líderes da região se comprometem a fazer do turismo um pilar do desenvolvimento sustentável e a garantir um efetivo e pertinente plano de ação de recuperação pós-COVID.

 

Fonte: Viajes Iberoámerica

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Praias de nudismo em Santa Catarina

Roteiro da Viagem, - Destino Gramado, entre a Serra Catarinense e a Gaúcha.

Doces de Pelotas- Patrimônio Cultural da Humanidade